Google+ Followers

domingo, 24 de maio de 2015

Pela Eternidade Á Dentro

Quando estou pertinho de ti perco o ar, sorrio bastante, suspiro, tenho uma vontade imensa de cuidar-te, amar-te com toda maestria; Beijar tua boca levaria-me ao delírio; Estou tentando concentrar-me, para ter a capacidade de conquistar-te. Contigo do lado eu sentiria-me consagrado.
Irei fazer o possível, para um dia tê-la em meus braços; Quero ser realizado, más preciso de sua presença do ladinho. Viveremos uma paixão incondicional á ferro e fogo, pela eternidade á dentro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário