Google+ Followers

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

A Eternidade Ainda Será Nada

Somos similares, idênticos, nascemos um para o outro; Teus defeitos e qualidades encaixam-se perfeitamente com os meus. Juntos completamo-nos, realizamo-nos. 
A eternidade ainda será nada perto desta paixão incontrolável, inacreditável; Nos amarmos é um vício incurável, jamais abandonaremo-o. Nossa relação nunca terá fim, por que sempre terá recomeço, renovara-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário