Google+ Followers

domingo, 3 de janeiro de 2016

Adeus

Você só reclama, me xinga, tem um mal humor constante; Não dá pra entender isso, por que dedico-me vinte e quatro horas por dia em prol do seu sorriso, felicidade. Más nunca sou valorizado, nem um simples obrigado disse-me.
Cansei, cheguei no limite da burrice; Não vale a pena dar de tudo por quem não reconhece esta dedicação, empenho. Que seja feliz, adeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário