Google+ Followers

domingo, 25 de outubro de 2015

Paixão Incontrolável

Sempre quando avisto-te perco o ar, raciocínio, e meu coração quer sair pela boca; Não consigo conter a euforia que assola-me. Sinto por ti uma paixão que sufoca-me, domina-me, más que ao mesmo tempo impulsiona-me á estar vivendo.
És um ser que possui uma aura purificada, e que chama-me pra próximo de ti; Não consigo controlar, o que é incontrolável. Eu te amo perdidamente, e nunca pararei de amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário