Google+ Followers

sábado, 2 de março de 2013

Perdas

Eu fico relembrando meu passado, um passado que já devia ter esquecido, más não consigo esquecê-lo, por que nele acabei cometendo erros que ocasionaram perdas irreparáveis.
Pessoas que sempre estiveram no meu lado, apoiando, motivando, aconselhando, acarinhando e até me amando. Nunca retribui todo este afeto, todo este carinho, meu egoísmo falava mais alto, só pensava se eu estava bem, seu eu precisava de algo, e nunca me preocupei com estás pessoas.
O tempo foi passando, e cada vez mais eu ficava ignorante, estúpido com estás garotas. Elas notavam, sentiam que eu estava com problemas no trabalho e dificuldades nos estudos, posteriormente se aproximavam de mim para dar aquela força e apoio de amiga, conseqüentemente ficava bem, más nunca acabei agradecendo por ser frio sentimentalmente.
E este meu jeito frio de ser fez afastar da minha vida, estás pessoas raras, adoráveis, amáveis. Sei que a atitude que elas acabaram tendo foi o correto a fazer, pelo simples fato que nunca dei valor ao que faziam, fizeram por mim.
Agora que todas as pessoas se afastaram e todas as amizades acabaram, eu percebo o quanto fui egoísta, sem coração com elas, e acabo me decepcionando comigo mesmo. Infelizmente terei que viver com estes erros na memória até os últimos dias de vida, pelo simples fato de serem erros injustificáveis e perdas inigualáveis, imensuráveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário