Google+ Followers

sábado, 31 de agosto de 2013

Inútil

Depois que minha donzela foi embora, todas minhas atividades, carinho e amor acabaram tornando-se inúteis; Não tem mais sentido dedicar-me ao trabalho, empenhar-me a conquistar bens duradouros, amar de corpo e alma uma pessoa, sem que o amor da minha vida dê valor ao que eu sinta, faça ou deixe de fazer. Eu vivia exclusivamente em prol do bem estar, da alegria, do sorriso dela.
A felicidade da minha princesa fazia minha alma sorrir; É triste perceber que no fundo ela não era feliz por inteira, que estava junto comigo no intuito de passar o tempo e nada mais. E quando surgiu uma brecha para ela enriquecer e viver só no luxo, afastou-se de mim como eu fosse um nada, e deixou-me com a sensação de ser a pessoa mais idiota do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário